É comum nas primeiras semanas o bebê trocar o dia pela noite, isto é, acordar várias vezes na madrugada para mamar e durante o dia ter longos estirões de sono. Daí surge a dúvida: devo acordar o bebê para mamar?

A resposta varia de acordo com a situação de cada um, e mesmo se considerarmos um bebê absolutamente normal – isto é, que não seja prematuro nem sofra de outra doença que o faça dormir mais – pode-se encontrar respostas variadas por aí.

Para começar, gostaria de dizer que se seu bebê tem bom ganho de peso, À NOITE eu jamais o acordaria para mamar. Nem naquelas situações em que seu seio já está tão cheio de leite que chega a doer. Nesse caso, eu ordenharia um pouquinho do leite; só o suficiente para dar uma aliviada (pois se você ordenhar muito vai acabar estimulando uma produção de leite ainda maior). Isso porque uma das coisas que a gente mais quer como mãe recente é poder dormir umas boas horas seguidas, o que é mais fácil de acontecer à noite. Então, se o bebê está começando a dormir longas horas à noite, deixe que seu corpo se acostume a esse ritmo e não o acorde. Até porque… quem gosta de ser acordado em meio ao sono profundo da madrugada?

Mas e quando o bebê dorme horas seguidas durante o dia?

Durante o dia, no entanto, a maioria dos pediatras recomenda que um bebê recém-nascido (isto é, até os 3 meses de vida) não fique mais do que 4 horas sem se alimentar, especialmente se seu alimento for o leite materno, que tem uma rápida digestão. Ficar muito tempo sem mamar pode diminuir a taxa de açúcar no sangue e seu bebê pode acabar ficando ainda mais sonolento. E se ele dormir mais do que 4 horas durante o dia, isso pode mesmo afetar o seu sono da noite.

De qualquer forma, se seu bebê já estiver dormindo há 3 horas, por exemplo, isso não é motivo para os pais ficarem aflitos. Dentro da próxima hora fique atento aos sinais de sono leve do seu bebê, momento ideal para tentar acordá-lo, pois se ele estiver dormindo profundamente as chances de você conseguir despertá-lo são mínimas. O ciclo de sono do bebê tem em torno de 40 minutos, ou seja, a cada 40 minutos ele entra numa fase de sono mais leve.

Quais são os sinais de que o bebê está passando pelo período do sono leve?

Ele vai começar a se mexer, abrir a boquinha, esticar e dobrar os braços, dar umas piscadinhas…

Nessa hora tem algumas coisas que você pode fazer:

– Se você ainda está tranquila em relação às horas de sono dele, tire o cobertor! É mais difícil acordar quando a gente está super quentinha e aconchegada, né? Pode ser que o friozinho do ambiente o acorde naturalmente quando ele estiver no sono leve. Digo pra tentar isso se você estiver tranquila porque se estiver muito preocupada e isso for um motivo de estresse, tente acordá-lo com os métodos abaixo. Nenhuma mãe recente merece motivos pra ficar estressada/preocupada.

– Pegue seu bebê no colo numa posição mais vertical e, é claro, fale com ele!

– Alguns bebês vão precisar de mais estímulo: faça cosquinha nos pés ou nas mãos dele, toque suas bochechas, sopre levemente em seu rosto.

– Se nada disso funcionar, você pode tentar passar um paninho úmido frio no rosto dele.

– Outra opção é trocar a fralda. Toda a movimentação da troca deve acordá-lo, sim! Eu deixo essa alternativa por último porque a maioria das mães prefere trocar a fralda ou no meio da mamada, pra despertá-lo quando ele está começando a dormir sem ter mamado muito, ou no fim da mamada, quando muitos bebês fazem cocô!

Minha experiência

Confesso que com minha segunda filha eu fazia boa parte dessas coisas (não tudo porque eu não tinha todas essas dicas; e também à época eu não estava tão consciente de aproveitar o momento do sono leve) e nada acordava a bichinha! 😉 Aí eu esperava e ela acabava acordando sozinha. Por sorte, nunca passou muito das 4 horas mesmo e depois ela acabava mamando bem.

E se, depois de horas sem mamar, ele dormir durante a mamada?

Pode acontecer de você conseguir que seu bebê acorde, comece a mamar e uns minutos depois esteja quase dormindo de novo. Nesse caso as recomendações mais comuns para que o bebê desperte e continue mamando são massagear sua mãozinha e mexer na sua orelha, mas, de novo, com meus filhos essas “técnicas” não funcionavam. O mais eficiente sempre foi fazer com meus dedos uma “formiguinha” andando nas suas costas, onde está a coluna. Aqui na Nova Zelândia agora também recomendam dar uma apertadinha no bebê na posição mesmo em que você está segurando ele durante a mamada, uma pequena pressão no bebê em direção ao corpo da mãe.

Enfim, com toda essa informação em mãos, esperamos que as mães recentes se sintam seguras sobre o que fazer quando o bebê dormir horas seguidas durante o dia, sem que isso seja causa de mais inquietação ou ansiedade nesse período que já é tão desafiador e intenso para a nova família.

Leia também:

A linguagem corporal dos recém-nascidos: como interpretar seus sinais

Colocar o bebê de bruços: certo ou errado?

4 comentários

    1. Oi! Aí é esperar o bebê acordar e comentar com seu médico na próxima consulta! Se não acontecer de novo, não vai ser um problema, mas se acontecer repetidas vezes de vc não conseguir acordar o bebê e ele ficar seguidamente muitas horas sem mamar sendo tão novinho, é bom conversar com o médico!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *