Esses dias publicamos na nossa fanpage um post sobre chá de bebê de comida congelada, com a opção de comprar os ingredientes e chamar as amigas pra cozinhar na sua casa ou então de pedir pras pessoas já levarem uma comidinha pronta pra você colocar no freezer.

Refletindo sobre isso fui tendo outras ideias de como usar o chá de bebê para trazer outros benefícios para o seu pós-parto, benefícios que vão além de fraldas e lencinhos umedecidos, apesar de isso ser importante também.

Primeiro devo dizer que acho a ideia de fazer um “chá de comida para congelar” fantástica, que vai contribuir e muito para tirar uma tarefa de você e da sua família de modo geral.

As dinâmicas

Para começar, o momento das “dinâmicas” pode ser bem aproveitado em favor do seu pós-parto. Você pode, por exemplo, pedir pra cada convidada escrever em um papel alguma dica de cuidados com o bebê que a ajudou logo depois que ele nasceu (no caso das convidadas que já são mães ou que têm experiência com bebês), colocar tudo num saquinho/potinho e depois ler uma a uma e tentar adivinhar quem deu a dica! Isso já abre espaço pra uma boa conversa sobre cuidados com o bebê, um tópico bastante relevante no puerpério.

Outra opção de dinâmica é pedir pra cada convidada que já passou pelo pós-parto escrever ou mesmo falar algo que a surpreendeu e que ela não sabia a respeito desse período. Isso também pode ajudar você a se preparar melhor, no sentido de saber um pouquinho mais o que esperar. Esse compartilhar de experiências é precioso! Vale muito a pena aproveitar o momento em que mulheres (embora não seja regra, geralmente só mulheres são convidadas pra chás de bebês, certo?) importantes pra você estão reunidas!

Quer ter uma doula pós-parto?

Outra ideia é você deixar disponível uma caixinha de contribuições em dinheiro para você poder contratar uma doula pós-parto. Aí naquele momento em que todas sentam em roda para uma conversa ou para as típicas brincadeiras de chá de bebê, você pode rapidamente explicar o que faz uma doula pós-parto e como ela pode fazer diferença no seu puerpério.

Formando a rede de apoio

Há ainda outra coisa que pode ser feita. No post da semana passada falamos sobre tarefas pra você NÃO fazer no seu pós-parto. Tente pensar sobre essas tarefas antes do chá de bebê, quem poderia fazê-las, e você pode dividir com as amigas que você precisa de ajuda em algumas delas. Fale sobre isso, deixe a listinha disponível e quem puder auxiliar pode anotar seu nome do lado da atividade com que pode contribuir. Combine tudo certinho com quem se voluntariar! Escrever num papel pode parecer exagero, mas acaba deixando o compromisso firmado e isso significa que não vai sobrar pra você fazer o que não quer no seu puerpério.

Enfim, você conhece seu círculo familiar e de amizades e certamente saberá quais das atividades sugeridas se aplicam a você. O puerpério é um período delicado e, como não cansamos de repetir, preparar-se naquilo que é possível ajudará você a vivenciar essa fase de turbilhão emocional da maneira mais suave e plena possível. Pense nisso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *